Alugando apto em Paris – Parte II

Demorei um tiquinho para fazer este post. Como envolve fotos e muito blá blá, queria fazer com calma.

Vamos lá!

Alugamos o apto pela Airbnb.  Custou € 60 por noite para 2 pessoas ;).

Além dos custos de hospedagem, o site faz uma “reserva” no seu cartão, na verdade uma indisponibilidade de valor para a caução. O valor da caução é estipulado pelo dono do imóvel. A caução (reserva) é liberada quando o dono do imóvel avisa que o imóvel foi encontrado em boas condições ou apenas se mantém em silêncio após 24 horas do final da reserva.

Maud, a dona do imóvel, trabalha em uma agência de publicidade em Paris mas vai seguidamente visitar os pais no interior da França. Em razão do feriado prolongado, ela decidiu alugar o apto. Como Maud estaria fora da cidade, a entrega das chaves foi feita por uma amiga da Maud que possui um apto nas proximidades.

Chegamos em paris as 22:30, tomamos o Roissy bus (€ 10,00 por cabeça). Chegando a estação de metro Opera, tomamos a linha 9. Eu sempre tenho um medo dos metros de Paris, não me pergunte o porquê.

Encontramos a amiga da Maud, tomamos a chave e caminhamos 2 quadras até o apto. O prédio é antigo e as são escadas vertiginosas e gastas. Subir até o sexto andar com malas não é uma experiencia agradável. Gastamos, provavelmente, meia hora para abrir a porta. A porta é antiga, cheia de fechaduras mais antigas ainda e o chaveiro da menina tinha umas 20 chaves. Foi na base da tentativa e erro!

Quando finalmente foi possível abrir a porta da esperança, sentimos um misto de satisfação e insatisfação. O apto é realmente como estava descrito mas claro, tem suas peculiaridades. Na foto o apto parece ser muito mais amplo. O apto é bem pequeno mas uma graça. Em dois dias a insatisfação foi embora e o apto já era a nossa segunda casa!

A sala é bem pequena mas para um casal como nós, serve bem!

Fiz as fotos na manhã seguinte com o meu telefone já que a minha camera resolveu dar um piti. Desculpa aê a falta de qualidade. Fotografia é algo impossível para a minha capacidade fisica e mental.

Este sofá é bem ruim de sentar mas eu não viajei para sentar em sofá.

A cama é um tanto diferente mas confortável e muito limpa. Tenho sinusite e o meu nariz alerta rapidamente quando tá sujo ou limpo!

Adorei isto e já estou pensando onde eu poderia encontrar o material para fazer igual. Eu tenho uma coleção bacana de cartões turisticos. Vai faltar parede!

A cozinha é bem pequena mas decente.

Ao fim, Maud pediu que colocássemos as chaves na caixa de correspondência. Ela chegaria só na terça. Comprei um chocolate e deixei uma carta explicando como deixamos, o que usamos e a gradecendo a oportunidade de viver como Parisienses por alguns dias.

Na terça-feira ela já escreveu um comentário na minha página. Disse que fomos perfeitos e que o apto estava super limpo. Da mesma forma, escrevi que o apto é realmente o que está na descrição. Já recebemos o aviso do retorno da caução e aparentemente, tudo foi super tranquila.

Se eu vou fazer novamente? Sim, na europa e Américas ! Alguns lugares eu ainda não confio plenamente e acho arriscado ficar sem apto em alguma cidade exótica por ai.

Gastei € 260,00 na hospedagem e achei que foram bem pagos. Além disto, fiz minhas compras nos supermercados populares e comi nos restaurantes do bairro.

Aff! Acho que agora encerrei! Próximo destino? talvez Praga, já que é tão pertinho ou Veneza. Já tenho aptos em vista e os preços continuam ótimos.

Um bjo e até a próxima!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Alugando Apto em Paris

Em algumas semanas, vou para Paris, aproveitar o feriado prolongado de Páscoa.

Eu comprei esta passagem em uma promoção e todos os dentinos que eu desejava, já estavam lotados.

Sobrou para Paris. Eu acho que Paris é sempre interessante e sempre haverá algo novo para ver.

Eu já conheço a “Paris turística” e meu marido não suporta museu-crépe-antiquários.

Decidimos fazer o roteito ” vivendo em Paris”. Nada de hotel, museu, tickets, cancan usw.

Alugamos um apartamento no site Airbnb, em uma região residencial. Quero acordar, buscar o meu “baguete”, tomar meu café na varandinha e passear pelas ruas, sem compromisso de museus, ticket, metro.

Claro que o champs é lindo mas eu quero algo mais. Quero paz! Não vou ficar em um bairro turistico.. Vou ficar na 19th mas em longe dos portões.

Alugar apartamento é sempre um risco mas o preço compensa e, se tudo der certo, será um experiencia única, viver em Paris.

Aluguei este apto: http://www.airbnb.de/rooms/135897. Ele é bem completo. Se chover, temos internet, tv a cabo. Já passei pela experiencia de ficar em hotel durante uma chuva terrível em Paris. Acredite em mim, é chatoooooo.

Paguei € 200,00 por toda a estadia ( 4 dias). Valor que você paga em uma noite em um hotel do champs. As referencias parecem boas e o contato com a dona sempre foi ótimo.

A sala é simples mas bem iluminada, gostei! Parte que o marido adora! Simples mas funcional. ( tem tv, fundamental, já que preciso da tv para dormir). Cozinha bem equipada. tem microondas, fogão, geladeira, lava-roupas. Já avisto uma economia por comprar queijinhos e guloseimas no mercado e comer em casa! 😉 Banheiro honesto, não fala mal de ninguém!;)

Procurando com cuidado, você acha outros apartamentos com  localizações mas interessantes. Eu não posso reclamar, já que estou indo no feriado de páscoa, ninguém mais tem disponibilidade e tenho que oegar as chaves quase meia noite ( Chego em Parias por volta das 22:30)

Não sei se foi um bom negócio mas foi bem economico e atende os objetivos da minha viagem = Descansar. O pagamento é feito no próprio site e eles cobram mais €100,00 como caução, que serão devolvidos ao final. Estou um tanto quanto alternativa desde que cheguei na Alemanha e esta alternatividade reflete nas minhas escolhas. Nada de cabarét, museu, foto de estatua. Somente bares alternativos, museus pequenos e gratuitos, muitos parques distantes e, possívelmente, restaurantes exóticos.

 

Alguém já testou o mesmo site? outro site?  nunca tentaria?

O primeiro luxo a gente nunca esquece..

Eu me dei algo bom…

 

Afinal tô trabalhando um monte e agora que o marido tá trabalhando, já posso contar com as riquezas dele ( que sao poucos mas também são minhas, 50% baby!)

Eu decidi que queria ser gente! Trabalho em uma empresa de tecnologia que faz de um tudo mas sempre ligado com tecnologia. Dai, que a pessoa ai ainda nao comprou um telefone celular “múderno” o chefe pede para ver o meu telefone…

Ele queria só ser simpático e mostrar o novo App que a nossa empresa bolou e ai eu fui obriga a dizer que espatifei meu celular no chão esta semana e ainda estava procurando outro AFF! Sai bem né?!

Ai todo mundo na empresa falando do tal app e toda hora alguém fala do novo celular e tals e au ali com um nokia valente que enfrentou anos de tombos e que possívelmente a coisa mais moderna que ele faz é trocar a musiquinha 🙂

Esta semana comprei um bendito telefone modernoso. Longe do Iphone porque eu sou pobre bem e o preco do Iphone é injusto ( na minha rídicula opinião)

Comprei um nokia bem bacaninha, cheio de surpresinhas boas e com preco súúúper justo.

Primeiro me senti culpada, depois falida, depois viciada e agora normal ( Se isso é possível)

Adorei a sensaçao de mimo, luxo, presente. Acho que devo fazer mais. Comprar o que gosto e porque mereço.

O mais legal de tudo isso é que o app da minha empresa ainda nao tá disponível para nokia (burra eu né?!) mas já posso mostrar por ai ou pelo menos tirar do bolso.

bjobjo da cibernética cinderela!

 

 

 

 

 

Groupon

Desde que abri a minha conta bancária (privada, particular e lisa) eu estou com um problema sério. O tal do Groupon..

Coisa de louco isso. Quem mora em Munique sabe que é preciso vender o figado para ir num restaurante legal.

Normalmente comemos fora uma vez por semana e talvez, quem sabe, se eu fui uma boa menina, vamos num restaurante bem legal. Nao mais que uma vez por mês.

Só que ai… a pessoa descobre o Groupon.  So que ai… a pessoa começa a trabalhar. So que ai… a pessoa abre uma conta bancária…e BOOOM!

Eu já comprei 100 pilhas por € 19,90.

Curso de inglês na Englishtown por € 19,90.

Curso de línguas por €89,90. Galocha por €25,90 e não para por ai…

O marido tá entrando na onda também e o troço tá ficando doido.

O presente na cunhada, da sogra, do sogro vai vir tudo do Groupon(talvez até o meu!)

Alguém ta com o mesmo problema? quer montar uma fundação? quer fazer um ritual celta/ xamanicode de quebra dos cartões de crédito e de débito na lua cheia ?